sexta-feira, 30 de abril de 2010

cigarras

cigarras, cigarras...        v   v    V      v     V   V
      V        v  v                  v    V      v                      V    v          
cigarras grudam                V        v                      V
em meus cabelos V                              V                 v
coibindo o pensamento  v           V                      V        V
de completar-se         
 V                                V            v        V 
cigarras, cigarras... v     v          V            V                                V             v
espantar não adianta
mas espanto V      v    
e elas voltam
maiores mais reais                                                        
                                      V                    
cigarras, cigarras... V                      V             v                                 v                         v                                   V
cigarras tapam meus olhos
cigarras fecham minha boca
amarram minhas mãos
sugam meu sangue         V       V v                         
     v           V               v     v                                  V
cigarras, cigarras... V     V              v                                    V                                   v                     v   
perco-me em meio                              v                  V
a cóleras acidentais                   v v
escorrego em meio                        v         v V         
a cigarros acesos           V               v           V                 
     V v           v                  V          v         v             
cigarras, cigarras... V            v V            v          
V              V           v
agora onde estou? V                            v            v     
quem eu sou?
não me pergunte        V             v              v
pergunte às cigarras, cigarras...

SilvioPrado 

curvaS





Silvio Prado

quarta-feira, 28 de abril de 2010

terça-feira, 27 de abril de 2010

.g

* "O ponto G é uma conspiração masculina em defesa da penetração.- SHERE HITE"


Silvio Prado

sábado, 24 de abril de 2010

TeMpOeSiA





PS: Cito aqui a poesia visual, "TEMPOESIA" de AL CHAER , que prova que, usando as palavras do próprio, “nós autores muitas vezes trilhamos os mesmos caminhos de saída, com chegadas distintas, mas dentro da mesma linha e com uma mesma solução temática, com poucas diferenças nas soluções estéticas.”

AL CHAER, um imenso abraço de admiração.


Silvio Prado

sexta-feira, 23 de abril de 2010

rio de mim


 a noite me envolve
em um lençol terno
nele sinto f r i o

o silêncio me ensurdece
meu corpo chora
chora e vira                  r i o


                                   Silvio Prado

lua cheia


branca branca
nuvem negra
faz alheia 
lua cheia

canta o galo
sexta-feira
 lua cheia 
deusa grega

canta canta
nuvem negra
faz a lenda
lua cheia


Silvio Prado

quinta-feira, 22 de abril de 2010

sem nexo

estou perplexo!
gosto de me ver
num espelho convexo.
não tem nexo
olhando me ver
num espelho convexo.

convexo?
talvez o convexo
não seja o espelho
mas o reflexo.

ah! que complexo!
o convexo refletindo
meu reflexo.
o tem nexo,
gosto de me ver
num espelho convexo.





quarta-feira, 21 de abril de 2010

capinagem&sacanagem

(I)

mato
o mato

planto
a planta

mudo
o mundo

(II)

mato
a mata

planto
a planta (soja, cana e eucalipto)

mudo
o mundo (pra pior)


*poema evoluido com as palavras do amigo FOUAD TALAL



segunda-feira, 19 de abril de 2010

Depeche Mode - Wrong HQ HD (Live at Echo Awards, Berlin)




EU QUERO É ROCK!!!

gota dàgua

O                    O                    O                                    O                                                                  O
O                         O O                                                                O O O O                                                         O
O                    O o                         o                       o                 o             O                  O                       OO                                  O                                       O
O                         O               O                     O encontrO-me
O                                O                dentro O OO            O                    O              O
O                       de uma gOta dàgua          O                    O
O                         O                           OO                                    O                                O                             oO
b O i a n d O andO O                    Oo
O                 O                          O                                      OO                 Oo                                                 O
O           a procura O          O O          OOO
                    O               de um cOntinente                 o          o         
                                      de beija-flores  O               o

                                  O                       o O    o                    o    O        
              O                                                                     O OO    O            O        O OO O
OoOOooSilviO
Prad
OOO
Oo

domingo, 18 de abril de 2010

sinal vermelho


o sinal vermelho
a lua cheia
o olhar alheio
sentencia

vidros fechados
antena ligada
o sinal vermelho
a hora errada







Silvio Prado

sábado, 17 de abril de 2010

o corpo que fala (mini conto)

*google imagens


,sua face iniciou uma mudança brusca, porém, quase imperceptível. Primeiro seu olho direito começou pequenas contrações, depois suas duas sobrancelhas ficaram tristes, suas contrações foram descendo, passando pelo nariz, maça do rosto, boca... suavemente. Então seus olhos encheram-se de lágrimas e o primeiro soluço de choro chegou com a primeira lagrima que caiu... estava tomada a sua decisão...


Silvio Prado

o pensamento só em você


a cada passo que dou para f  r  e  n  t  e
---------------------------------)

t  r  á  s para ficando cabeça minha sinto
(---------------------------------



Silvio Prado

taquicardia


*clique na imagem para ver melhor



Silvio Prado

quinta-feira, 15 de abril de 2010

taquicardia



c             o         o          ã        f  
 o          ã f        c r       ç o     o i      s     ã
  r        ç   i      o   a     c   f    ã   q  e  ã  s  osãosão...  
   a     c     q   ã      ç   i     i ç      u       o
    ç   i        u s        ã f       c
     ã f          e          o 
      o



Silvio Prado

quarta-feira, 14 de abril de 2010

baby


*FOTOGRAFIA SILVIO PRADO


baby faça um favor
traga um pouco
dalma

para meu corpo
entrega teu corpo
ao meu amor

baby faça como for
cesse o mar
em meus olhos

acalma minhalma
o meu corpo
necessita teu amor





Silvio Prado

formigas


quero impregnar
com pétalas de rosas
o ponto insurgente

onde os meus sonhos
são eróticos rostos
cheio de for  migas


Silvio Prado

terça-feira, 13 de abril de 2010

beleza que batatinha tinha!


*google imagens



isto é verdade...

havia vinho, tinha batatinha,
tudo vinha, nada me continha.
conter? estar contido?
a emoção dispensa detalhes!

isto é verdade...

“submerso pela algaravia dos circunstantes,
nada podia constatar!
então me perdia com os olhos fixos
na oscilação do vinho nos copos
sobe apreensão dos amigos na mesa.”
beleza de vinho, beleza de batatinha,
belezinha que a batatinha tinha!!!

isto é verdade...




4uatro elementos

genética emocional




Silvio Prado

desejo


hoje desejei
fazer um poema
difÍcil de ler

SP